Antônio

Antônio

domingo, 12 de maio de 2013

Dia das mães

Dia das mães, Antônio pegando o lanche dele. Guloso
Hoje é comemorado o Dia das Mães, apesar de ser uma data instituída pelo comércio para dar aquela aquecida nas vendas, eu acho importante sim. Quem não gosta de ser mimada? Ahhhh eu adoro!

Na verdade, aqui em casa, acabamos comemorando essa data ontem, no sábado, pois, hoje o maridão precisou viajar, snif, mas, achei tudo muito lindo.

Minha secretárias juntaram todos os trocos que puderam e compraram a surpresa dos meninos. Foi lindo. Um café da manhã maravilhoso, com flores, frutas, fiquei muito emocionada mesmo. Meu maridão me presenteou com uma jóia, adoroooooo rsss

Tony com a Pró Margareth
Mais tarde fomos à festa da escolinha dos meninos para as mães. Como eles precisariam ficar no palco, fiquei preocupada com Antônio, não vi o Caster, no final, ele ficou no colo da professora e depois eu subi e o peguei no colo. Bento não colaborou muito na apresentação, brincou o tempo todo e só cumpriu parte da coreografia, Antônio adorou as palmas, se acha esse meu menino rssss.

Bento que só pensa em brincar rssss
Hoje, domingo, entrei no Facebook e depois de ver tantas homenagens dos filhos para suas mães (presentes ou não nesse plano) confesso que chorei, e continuo chorando. Estou muito emotiva ultimamente. Fomos vítimas de um assalto em Salvador e só quando se está na mira de um revólver é que você percebe com toda a força do mundo a fragilidade da vida.

Meus preciosos. Amo demais.
Desde que fui abençoada com meu primeiro filho que penso 50 mil vezes antes do próximo passo em minha vida. O medo de deixar os meus filhos sozinhos, de faltar de alguma maneira chega a ser angustiante.

Ser mãe é sofrer com essa eterna angústia. É se cobrar permanentemente. Porém, ser mãe é bom demais, é se embriagar de tanto amor.

Ver meus filhos se desenvolvendo, crescendo, aprendendo é tudo o que eu poderia pedir a Deus. Não há sensação melhor do que, logo pela manhã, ouvir pela Babá Eletrônica, meu mielinho chamar "Mãe?" Como se quisesse dizer "Onde está você?". Sentir o abraço dos meus filhos, os beijos carinhosos, poder brincar com eles, sentir o cheirinho, é bom demais.

Esse é o presente mais completo que uma mãe poderia ganhar. Sou abençoada por ter dois lindos filhos, cada um com seus problemas e particularidades, mas, que me amam tão despretensiosamente, sem cobranças.

Um Feliz Dia das Mães para todas as mães desse mundo.

Um comentário:

  1. Lindo post, amiga! De fato, ser mãe é maravilhoso, uma dádiva divina!!! Amooooo!!!
    Bjão, Fabi

    ResponderExcluir