Antônio

Antônio

domingo, 24 de março de 2013

Inclusão na Escola

Participando de atividades em grupo
Venho trazer novidades dobre o meu pequeno estudante.

Antes de mais nada, quero registrar minha total satisfação ao esforço impetrado pela Escola Nova Dimensão no acolhimento e inclusão de meu mielinho. Foram construidas rampas de acesso e toda a facilitação para a vida acadêmica de Antônio está sendo feito. Agradeço mesmo.

Ganhos cognitivos
Bom, Antônio começou a falar, uma emoção muito grande. Fala poucas palavras, mas, fala. Dá bom dia, já diz que as coisas são dele (é minha!), pede água, mamadeira, diz o nome de todos dentro de casa. A interação com o meio foi o que mais me surpreendeu, ele está mais envolvido. O sentar melhorou 200%, digo que em breve ele sentará completamente sem apoio.

Depois que foi para a escola algumas coisas ficaram marcantes. Antônio não quer mais dormir no berço, prefere ou a cama, ou um colchão no chão. Na escola, não quer ficar numa cadeira diferente da dos demais colegas. O problema é que a cadeira da escola não tem proteção lateral. Está comendo sozinho.

Em termos comparativos a Bento na mesma faixa etária, percebo uma melhor coordenação motora, o pegar na caneta/lápis é melhor. Tem características destras, porém, ainda pega com a canhota as vezes.

A escola está desenvolvendo um projeto de leitura e neste fim-de-semana, recebemos livros e nos foi orientado que fizessemos a leitura com ele e estimulando o desenho. Logo o pensamento preconceituoso da mãe vei a tona: Jesus, Antônio não vai entender nada e logo, não desenhará nada.

Às vezes me pego com esse tipo de pensamento, natural, sou humana, logo, tiro isso da cabeça e nunca me permitirei privar meu filho de nada. Li a história, mostrei as ilustrações do livro e dei o papel para ele desenhar. Ele pegou o giz de cera e rabiscou pra lá e pra cá. Pronto! Disse logo: ficou lindo Antônio, vc está de Parabéns! Ele deu aquele sorriso de um milhão de dólares e a mãe, feliz da vida, percebeu que tudo na vida começa assim, com traços e rabiscos.

4 comentários:

  1. A escola está de parabéns!!! Muito embora a inclusão seja uma obrigação, sabemos q, na prática, a maioria delas não facilita as coisas...
    Eu sou super a favor da escola tb pelo desenvolvimento q proporciona!!! Maravilhoso ler esse relato da evolução de Antônio. AS fotos tb estão lindas e amei a q tem as amiguinhas com ele no meio!!!
    Bjão, Fabi

    ResponderExcluir
  2. Yanna,
    muito legal a iniciativa da escola!!
    e q maravilha o desenvolvimento de Antônio na escola!!
    Há de vir novos aprendizados!
    bj

    ResponderExcluir
  3. Flor, que bom que Antônio está gostando da vida de estudante! Lendo seu texto lembrei que em uma das consultas de Cesinha no SARAH mencionei que ano que vem ele também estará iniciando sua vida escolar, e me informaram que fazem adaptações na cadeira da escola além de estarem a disposição para qualquer dúvida/orientação da esquipe que o assistirá. Numa oportunidade em consulta lá mencione a sua dificuldade com a cadeira, creio que eles darão todo o suporte necessário. Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. Que linda evolução e gostosas novidades, Yanna!
    Muito bom!
    Bjs

    ResponderExcluir