Antônio

Antônio

segunda-feira, 9 de julho de 2012

O meu adeus a uma mãe guerreira

Oi pessoal, hoje o post é triste.

Ontem fiquei sabendo do falecimento de uma mãe muito batalhadora, uma grande mãe de um portador de mielo que mora na minha cidade, Ibotirama.

Eu fiquei muito abalada com a notícia, não acreditei num primeiro momento, rezei para que a notícia não fosse verídica. Imaginar que a Marileide tinha falecido era muito para mim.

Marileide é mãe de Lázaro, um menino lindo, muito inteligente, cadeirante. Não consigo imaginar como está a cabeça de Lázaro. Não estou em Ibotirama e assim que chegar lá, vou logo na casa dele.

Fico pensando o que falar para o Lázaro, o que fazer, afinal, ele já é um rapazinho. Só sei que eu preciso ajudar ele de alguma maneira. Meu coração pede que eu faça alguma coisa, pois, se fosse eu a fazer a grande viagem, gostaria muito que meu filho recebesse todo o amor e carinho, não importa de onde viesse.

Demorei a escrever esse post, pois, as palavras não saiam. Não sabia exatamente o que falar. O blog é meu refúgio, é onde eu desabafo, descarrego, para poder "catar" novas coisas no dia-a-dia.

Ainda não acredito que você se foi guerreira. Só posso pedir a Deus que derrame a providência, sobre todos. Vá em paz amiga, Lázaro estará amparado, será amado e te garanto que nada faltará a ele.

Um comentário: