Antônio

Antônio

terça-feira, 24 de abril de 2012

Eu escolhi te amar Antônio!

Desde que comecei a escrever esse blog, tenho tido a graça de interagir com muitas mães que passam pela mesma luta que eu. Conheci pessoas de vários estados do Brasil e de vários países do mundo.

Trocamos experiencias, comparamos tratamento, cada novidade é compartilhada. Porém, as vezes acontecem coisas que não gostaria de participar.

Hoje, recebi um e-mail de uma gestante dizendo que havia acabado de saber da condição do seu filho, que buscando por informação sobre a mielomeningocele, se deparou com meu blog, que achou lindo, chorou muito, mas, que mesmo assim, ela havia tomado a decisão de interromper a gestação.

A partir daqui, falarei diretamente contigo. Não vou dizer quem é você, mas, quero que saiba o que penso

Fiquei em choque. Não sou ninguém pra questionar a decisão de uma outra mulher, mas, preciso que você tenha a real noção do que penso sobre isso.

Ter um filho especial é uma dádiva, não pense nele como um fardo, como um castigo, mas, como um bem precioso que foi confiado a você e a mais ninguém. Não existe falhas na seleção de Deus, ele tinha que ser seu e ponto. Você é a melhor mãe que ele poderia querer.

Sei que cada um sabe até quando suporta, mas, acredite, você nem imagina a força que tem ai dentro de você. Cada vez que vejo Antônio sorrindo, me abraçando, interagindo, batendo palminhas, e agora falando, eu agradeço a Deus por ter me proporcionado todos esses momentos.

Esse filho que hoje cresce em seu ventre, te ama mais que tudo, só tem a você.

Eu escolhi ter e amar meu filho, apesar de todas as coisas que ouvi durante a gestação dele.

Deixo pra finalizar alguns sorrisos do meu "mielinho". Um ser que veio ao mundo pra mudar a minha vida e as minhas convicções, Tirar de mim todo o preconceito e me fazer uma pessoa melhor, mais humana.

15 comentários:

  1. Yanna, bom dia!

    Sempre acompanho o seu blog, adoro ver o desenvolvimento do Antonio, cada sorriso, cada farra! Ele é lindo, um ser abençoado por ter uma família que o acolheu e o ama!!! Parabéns Mamãe.

    Lendo agora a história de uma outra amiga, meu coração ficou pequenino! Vou deixar uma mensagem pra vc:

    Querida amiga, não te conheço, assim como Yanna respeito a sua vontade, também tenho dois garotos lindos, cada uma com sua história.

    Pense bem no ato que vais praticar, ele não tem volta, é uma vida que vais interromper, esse ser maravilhoso que está em seu ventre, tem um coração que bate no mesmo compasso do seu!!!

    Querida ele sente tudo que vc vive, sabe de tua angustia, mas tb sabe que vai te trazer muita, muita alegria, vai ser ele o sol de sua vida, não vais imaginar seu amanhã sem ele.

    Flor de todas as flores, esse ser veio pra te fazer feliz, embora não possa enxergar isso agora, peça inspiração para o Pai Celestial, deixe que essa angustia, esse sentimento de insegurança seja levado embora, aceite seu filho como um ser iluminado, que veio cumprir uma missão de amor, completar a sua felicidade.

    Não é um julgamento, mas não poderia saber disso, e ao menos tentar te mostrar que vc pode, que independente de qualquer coisa, vc tem força ai dentro.

    Não sei o seu tempo de gestação, mas deve ser começo, conheça tb esse blog, talvez seja um caminho:
    http://vencendoamielo.blogspot.com.br/

    Querida que vc seja confortada em todos os caminhos, se quiser me conhecer e conversar anote ai o meu e-mail:
    sil_onofre@hotmail.com

    Saiba que te amo como uma irmã querida, que ainda não conheço, mas gostaria muito, muito de conhecer.
    Um beijo em seu coração.

    E Yanna te admiro muito, um beijo tb e me espelho em vc pra muitas coisas. Felicidades sempre pra vc e sua família.

    Silvia Onofre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Silvia, agradeço por ter feito esse comentário. Sei que a decisão é só dela, mas, espero mesmo que ela mude de idéia. Como ela disse que acabou de saber da condição do nenem, acredito que ainda existe tempo para a cirurgia intra-útero. Estou em profunda oração para que Deus toque no coração dessa mãe.

      Excluir
    2. Yanna se ela entrar em contato com vc e se souber de alguma coisa por favor me avise.
      Eu acredito em meu coração que ela vai reconsiderar.
      Um Beijo

      Excluir
  2. Yanna, esse post seu me lembrou justamente a nossa troca de e-mails recente no grupo de Mamães... Acho que é isso que a lei que permite o aborto de anecéfalos vai permitir... Que as mães escolham se vão ter filhos "perfeitos" ou não... Mal sabendo a delícia que é ser mãe, não importa a maneira que seja...
    Mas amiga, entenda, que nem todas tem a sua força, a sua disposição, a sua determinação. Vc mesma sabe quantas pessoas sugeriram o desejaram que vc interrompesse a gestação de Antônio... E vc, contra tudo e em favor do seu amor, lutou e luta e sei que vai lutar enquanto puder pelo bem estar, pela melhora na qualidade de vida, pelo amor na vida de seu filho...

    ResponderExcluir
  3. O comentário foi sem eu terminar...
    Enfim, penso como vc, sou à favor da vida! Sei que Deus não nos dá peso maior do que possamos carregar e devemos agradecer as oportunidades de crescimento que Ele nos oferece.
    Vc é guerreira e sabe tudo que já enfrentou, enfrenta e ainda enfrentará... Só nos resta respeitar as fraquezas e inseguranças de quem não se sente disposto a encarar o desafio...
    É isso aí! Beijo grande no seu coração!
    Mi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mi, por todas as suas palavras carinhosas, sei que é opção muito pessoal, mas, estou orando pra que ela reconsidere. Só Deus sabe como estou torcendo.

      Excluir
  4. Também não tenho como impedir que essa mãe faça o que pretende, mas posso deixar aqui que também sou uma mãe especial, pois minha princesa nasceu assim como o Antônio, portadora de Mielo.. quando descobri a gravidez eu já não estava mais com o pai dela, mas mesmo assim jamais pensei em tira-la, logo depois de saber que estava grávida soube que meu bebê tinha Mielomeningocele, você não pode imaginar o medo que eu senti, ainda mais depois de ler mil coisas na internet, mas com esse medo me veio a vontade de faze desse anjinho que Deus me deu a pessoa mais feliz do mudo, e ai mesmo na minha inexperiência, na minha pouca idade eu precisava enfrentar, eu precisava ser forte, porque tinha uma vida que precisava de mim! Hoje meu milagre tem 6 meses e se chama Maria Joana, se desenvolve como um bebê normal, a pediatra diz que ela é sortuda, pois não tem nenhuma sequela, eu até acredito em sorte, mas acredito muuuito mais em Deus.. e hoje penso que se tivesse interrompido a vida desse meu milagre, não teria um testemunho de amor em minha vida para partilhar! Então pense bem antes de interromper o plano de Deus em sua vida, pense bem antes de deixar ir embora seu milagre!
    Um grande beijo a todas as mamães especiais!
    Bárbara, 21 anos, São Gonçalo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é amiga, sua filha é linda demais e foi abençoada por não possuir sequelas. Temos que acreditar nos planos de Deus.

      Excluir
  5. Amiga,

    Eu bem sei o que vc passou, o q vc ouviu e nunca se deixou passar pela sua mente a idéia de tirar do seu ventre este ser iluminado chamado Antônio. Vc foi forte, guerreira e infrentou a tudo e a todos de cabeça erguida, claro e óbvio que teve seus momentos de fraqueza, de choro, solidão e desespero, mas sempre decidida em ter seu príncipe, mesmo ouvindo muita coisa ao contrário. TE ADMIRO POR TUDO QUE FEZ, POR TUDO QUE É E TUDO QUE FAZ.
    TE ADORO AMIGA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MÔnica, nem tenho palavras pra agradecer a amiga que vc sempre foi. Vc me ajudou muito na época da gestação, viveu junto comigo meu drama. Obrigada mesmo amiga

      Excluir
  6. Yanna, não a conheço pessoalmente, mas o fato de você ser casada com meu primo, acaba por nos aproximar. Quando criança e durante a adolescência passava férias na casa de tia Carmélia e tio Expedito, tios por quem tenho enorme carinho e afeição, e este mesmo carinho estende-se ao primos. Por essa razão, sinto-me a vontade para declarar a minha admiração por vocês e pela fato de deixarem o amor incondicional de pais romper as paredes de seu lar e, através deste blog, suavizar as dificuldades diárias de quem passa pelas mesmas descobertas de vocês. Acredito que filhos são sempre dádivas, meios pelo qual Deus nos faz crescer, tanto emocionalmente quanto espiritualmente e sua postagem foi tocante.
    Fica aqui o meu abraço a você e a sua linda família. Deus com vocês sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelas palavras Andréa, e espero em breve te conhecer! Bjos

      Excluir
  7. Yanna, parabéns por suas palavras! Eu também escolhi amar o Dudu...hj agradeço à Deus por ter me colocado esta decisão...e me orgulho demais por ter acertado! Mariana.

    ResponderExcluir
  8. Olá Yanna, a história dessa mãe é muito triste, imagino o que ela esta sentindo, medo dúvidas, sem coragem de enfrentar a situação, a não aceitação de uma situação que pode ser resolvida, pra medicina hoje em dias há solução pra muitos casos, e futuramente haverá mais ainda, um dia no futuro mielo será um problema solucionável. Talvez falta pra essa mãe quem sabe um apoio de companheiro, pois tem pai que não aceita, é irredutível. O pai da minha filha não aceitou e descrimina ela, sempre fala que eu deveria tê-la abortado, fico muito triste com as coisas que ele fala, mas eu não desisti dela e não vou desistir, dou minha vida por ela é minha amiga, sofro junto com ela as dificuldades dela, festejo junto com ela cada vitória conquistada.

    Beijos, Suzana.

    ResponderExcluir