Antônio

Antônio

sábado, 28 de janeiro de 2012

Cirurgia adiada

Mais uma vez, o Hospital falhou feio conosco.

Depois de todo o sofrimento e expectativa que passamos durante essa semana, fomos pra Salvador, pra mais uma vez Antônio ter sua cirurgia adiada.

Simplesmente o Hospital não solicitou do nosso plano a liberação da válvula. É incrível a falta de conpromisso, o descaso, a que nós, usuários dos Hospitais da capital baiana, passamos. Esse tipo de problema não é exclusivo de um Hospital, é da rede como um todo.

Pessoal despreparado, que não conhece a realidade de quem está ali, na fila, esperando atendimento. É desolador.

Um dia antes da cirurgia fomos para a consulta pré-anestésica e fui no setor reponsável pra saber do andamento da liberação. Chegando lá, ouvi um funcionário falar com outro que existia uma pendência no processo de Antônio. Daí veio um ruivo e me falou que o convênio não havia liberado a DVP e sendo assim não tinha como fazer a cirurgia.

Gente, parti pra cima do convênio como uma louca, apertei todos os meus botões vermelhos, até que consegui a informação do Auditor do plano que estava analisando o processo de Antônio, que o problema é que o Hospital não havia enviado solicitação para a válvula, que por se tratar de uma cirurgia de alto custo, existe um trâmite burocrático de enviar 3 orçamentos diferentes do equipamento e que até aquela data não existia por parte do Hospital nem o pedido, muito menos os orçamentos.

Bom, minha cara caiu de uma altura de 1,80m e se despedaçou, pois, antes de saber disso, já havia dito que era um absurdo, que o plano era mercenário, que eu ia procurar as medidas legais, etc, etc, BARRAQUEIRA, no final, ele me provou por A + B que só dependia do Hospital mesmo. Me garantiu inclusive que chegando lá esse pedido, ele autorizaria no mesmo dia.

Então, cá estamos, esperando. Vou esperar até terça-feira uma posição do Hospital, caso nada se resolva, armarei meu barraco lá, com direito a várias rodadas de baiana.

Vamos esperar as cenas dos próximos capítulos dessa novela. Afff

3 comentários:

  1. Minha gente...q absurdo!!!!!Mas,Deus sabe o q faz...aquele não era momento.Yanna,rode mesmo a baiana...por um filho viramos lavadeira e subimos o morro c a trouxa de roupa na cabeça....kkkk...não consigo imaginar vc descendo o nível...kkkk....bj:) mendy

    ResponderExcluir
  2. Yanna, que bacana seu site... nao sabia da historia de seu filho, imagino como deve ser uma luta diaria para conseguir cada avanco postado aqui. Trabalho com criancas especiais e sou apaixonada por cada um deles. Entendo bem o que voce fala aqui, so quem entende essa alegria pelas vitorias é quem convive com essas criancas e sabe a dificuldade de cada superacao. Forca para voces! beijos

    ResponderExcluir
  3. Aconteceu tb comigo, minha filha q hj esta com 4 meses e meio nasceu c mielo e precisou c 5 dias colocar a válvula e foi esse dilema entre hospital e convênio, fiquei tb doida,mas deu certo!e dará tb c seu filhinho!

    ResponderExcluir