Antônio

Antônio

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Pés tortos congênitos

Olhando Antônio ninguém diz que ele tem algum tipo de problema, porém, uma de suas más formações é evidente, notória, trata-se de seus pezinhos tortos.

Quando visitei meu filho pela primeira vez na UTI, fiquei chocadíssima com seus pés: um era torto, chamado de varo e o outro era tão torto que não me deram definição. Olhei, desamparada, os lindos pés de meu filho e pensei: tem que haver conserto. Ficava ansiosa com isso.

A definição de pé torto congênito é a seguinte: "O Pé Torto Congênito (PTC) é uma deformidade complexa que envolve ossos, músculos, tendões e vasos sangüíneos. O pé é geralmente pequeno e assume a posição em eqüino-varo-supinado (calcanhar elevado, pé voltado para dentro e rodado para cima)".

A grande maioria de crianças que nascem com PTC tem algum problema de quadril associado, luxações principalmente. Graças a Deus o quadril de Antônio é perfeito. Claro que esse quadro pode mudar, mas, pelo acompanhamento que é feito, sempre dá normalzinho.

Não tirei nenhuma foto dos pés de Antônio antes do tratamento, acho que por proteção, a mãe acaba querendo pegar apenas os melhores ângulos de sua cria. Me arrependo, isso faz parte da história dele, fui uma tola.

No dia 23/02, ele colocou o seu primeiro gessinho. É absolutamente necessário a colocação do gesso e consequentemente, o tratamento, por mais que seja incômodo, incoveniente e desperte muita atenção (muita gente me para nos lugares e me pergunta como eu deixei uma criança tão pequena quebrar os pés... (?)), tem que usar.
O gesso é meio pesado, dá trabalho para quase tudo: trocar fralda, dar o banho então... sem comentários. A troca é semanal, ou seja, toda semana viajamos ou pra Salvador, onde somos atendidos por Dr. Júlio Mello no COT (Adoro), ou em Barreiras, onde somos assistidos por Dr. Diego (Adoro também), maior canseira. Mas, todo esse esforço já rendeu frutos. Depois de 12 trocas de gesso, os pés estão dessa maneira:
Estamos quase lá. Claro que, no início do tratamento, fomos informados que um pé torto congênito, nunca será totalmente normal, mas, que todos os esforços iriam ser feitos pra ele ficar o mais próximo do normal possível.

3 comentários:

  1. Olá, começo minha luta, dicas podem me dar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Michelly, tudo bem? Pelo que entendi, vc está esperando um bebê portador de mielo, estou certa?

      Aqui no blog, vc vai encontrar muita informação sobre a mielomeningocele. Vc pode me adicionar no facebook http://www.facebook.com/yannarocha

      ou me mandar um e-mail: yanna.rocha@gmail.com

      Estou aqui pra te ajudar no que for preciso.

      Te espero

      Excluir
  2. Em primeiro lugar quero te parabenizar pelos seus lindos filhos , e dizer que vc é uma mãe guerreira e vitoriosa e procurar saber se é possível uma criança com mais de 5 anos realizar uma cirurgia de tendão para corrigir seus pesinhos que nocaso dela são os dois ela fez a troca de gesso períodicamenete mas não conseguiu fazer a cirurgia bjs Parabéns Jô jorbeliaferreira@gmail.com

    ResponderExcluir